Cidadão Consumidor

www.cidadaoconsumidor.com.br
o site da cidadania

Integrantes do PSL ignoram Bolsonaro e voltam a se atacar nas redes sociais

09/01/2019 - 09:10 (Foto: Fátima Meira )

 Segundo round:  Durou menos de 48 horas a trégua estabelecida depois que o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), mandou que os integrantes de seu partido parassem de brigar em público. Acusado pelo deputado eleito Alexandre Frota (SP) de abrigar um lobista da indústria de medicamentos na equipe de transição para o novo governo, o futuro ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (MG), chamou-o de desleal num grupo de mensagens da bancada e depois foi às redes sociais cobrar explicações dele.

Fonte: Blog da Folha | Edição: Redação