Cidadão Consumidor

www.cidadaoconsumidor.com.br
o site da cidadania
Liderança

Comércio varejista brasileiro é o mais caro entre 44 países, diz BTG

Produtos são 18% mais caros que nos EUA

09/01/2019 - 08:21 (Foto: Portal G37)

 O Brasil lidera ranking como o país mais caro para se comprar produtos varejistas. Comparado aos Estados Unidos, por exemplo, os preços dos produtos brasileiros são em média 18% maiores.

Os dados são do Índice Zara, ranking elaborado pelo banco BTG Pactual. O relatório compara uma cesta de 12 produtos da marca de vestuário espanhola Zara em 44 países. Eis a íntegra.
De acordo com o documento, a valorização do dólar aumentou a competitividade de alguns mercados. No entanto, o Brasil foi uma exceção à tendência. Mesmo com a desvalorização do real ante ao dólar, o mercado brasileiro se classifica como o mais caro do ranking.
Logo abaixo do Brasil ficou o Japão. No país oriental, as peças são 4% mais caras do que nos Estados Unidos.
Do outro lado da tabela estão 4 países: Eslováquia, Eslovênia, Portugal e Espanha. Os 4 contam com preços 36% mais baratos em relação aos EUA.
O relatório indica as incertezas geradas pelas eleições presidenciais em outubro de 2018 como justificativa para a liderança do Brasil no ranking. Em 2016, último levantamento realizado, os preços do mercado brasileiro estavam 22% mais baratos do que os dos EUA. Em 2015, o mercado brasileiro estava 0,1% mais barato que o norte-americano.
Em 2014, o 1º ano do índice, os valores dos produtos no Brasil também registraram os valores mais elevados. Apresentaram uma taxa 21,5% maior do que a dos Estados Unidos.
A Zara começou a operar no Brasil em 1999, com o plano inicial de abrir 50 lojas em 3 anos. Desde então, abriu 56 lojas.
Fonte: Poder 360 | Edição: Redação