Cidadão Consumidor

www.cidadaoconsumidor.com.br
o site da cidadania
Infraestrutura Cuiabá

Investimento em infraestrutura amplia trabalho de recuperação das vias cuiabanas

13/04/2018 - 10:27 (Foto: )
Os serviços de fresagem e recapeamento, desenvolvidos pela Prefeitura de Cuiabá, seguem avançando ao longo das principais vias do município. Iniciado em 2017, o plano de requalificação asfáltica foi intensificado neste ano e deve promover uma grande reestruturação na pavimentação de mais de 50 ruas, travessas e avenidas, consideradas as mais movimentadas da Capital. A intenção é que, após o atendimento das regiões com maior fluxo, a medida seja ampliada para os bairros mais afastados da área central.
No ano passado, além da Rua Juriti, situada no bairro Recanto dos Pássaros, e a Avenida Principal do Novo Paraiso II, o Município também executou a recuperação na alça do contorno do viaduto da Miguel Sutil, e outros 4 km na Avenida Historiados Rubens de Mendonça (Av. do CPA). Para 2018, o prefeito Emanuel Pinheiro assinou uma ordem serviço autorizando o investimento de mais R$ 11 milhões na ação de melhoria da malha viária cuiabana.
“Esse é um trabalho que desde o início da gestão estamos procurando executar e em 2018 verificamos a necessidade de intensificar esse atendimento. É importante destacar que não é uma medida paliativa, mas sim um asfalto totalmente novo sendo construído. Grande parte das vias de Cuiabá possui uma vida útil já ultrapassada, o que acaba até gerando riscos para os condutores. Por isso, determinei que fosse feita essa intervenção nas grandes avenidas, com um trabalho de qualidade. A cidade está crescendo e é dever do poder público acompanhar esse crescimento, fazendo sua parte e buscando sempre oferecer o melhor para população”, argumenta o prefeito.
Nesses primeiros meses de 2018 algumas avenidas já receberam a obra. É o caso, por exemplo, da Isaac Póvoas, que teve renovada toda sua extensão, totalizando quase 2 km de asfalto novo, bem como toda a sinalização horizontal e vertical. A melhoria também começou a ser feita na Avenida Getúlio Vargas. A equipe de trabalho passou atuar na via nesta semana, onde o equivalente a 1,3 km deve ser executado em duas etapas. A primeira compreende o trecho entre as avenidas Ten. Cel. Duarte e Presidente Marques. Já o segundo percurso inicia na Avenida São Sebastião e segue até Rua Estevão de Mendonça. Ao todo, serão realizados mais de 13 km de recapeamento na região central.
Ainda está programada para este mês a entrega do recapeamento da Avenida Edgar Vieira, popularmente conhecida como Alziro Zarur, no bairro Boa Esperança. No local, considerado um dos principais pontos de acesso a Universidade Federal de Mato Grosso, o Município está realizando a recuperação de mais de 2 km de pavimentação. A previsão é de que, após a finalização do trabalho na Edgar Vieira, a mesma equipe inicie a requalificação em mais de 10 km da Avenida Fernando Corrêa da Costa. Além disso, a Avenida Gonçalo Antunes de Barros, antiga Jurumirim, também já teve cerca de 1 km restaurado neste ano.
“Tomamos como ponto de partida a Isaac Póvoas, mas logo optamos por expandir para outras regiões. Estamos atuando de forma programada e, sempre que possível, no período noturno, no intuito de gerar o mínimo de impacto possível no fluxo dessas vias. A nossa ideia é atender, primeiramente, essas ruas e avenidas com movimentação constante e, posteriormente, chegar aos bairros mais distantes da área central. É inclusive pensando nisso que essa ação tem a determinação de continuar durante toda gestão do prefeito Emanuel Pinheiro”, pontua o secretário municipal de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues.
Melhoria na infraestrutura

No total, a Prefeitura está investindo, nesse primeiro semestre de 2018, mais de R$ 11 milhões para a recuperação de mais de 26 km de pavimentação nas principais vias de Cuiabá. A ação de requalificação é uma ramificação do programa “Minha Rua Asfaltada” que, desde sua implantação, está atendendo cerca de 20 bairros, totalizando mais de 156 km de obras de drenagem, asfaltamento, e construção de meio-fio e calçadas sendo edificadas, simultaneamente, nas diferentes regiões da cidade. 

Fonte: Sicom-Cuiabá | Edição: Redação