Cidadão Consumidor

www.cidadaoconsumidor.com.br
o site da cidadania
Insegurança Pública

Relatório é apresentado para representantes do comércio

13/03/2018 - 09:23 (Foto: )
O crescente número de roubos e furtos registrados, principalmente na área central da capital mato-grossense tem preocupado a direção da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Cuiabá, que tem participado de diversas reuniões com órgãos responsáveis pela segurança pública no sentido de se buscar uma solução para o problema. Na tarde desta segunda-feira (12.03), o presidente da instituição, Nelson Soares Junior, juntamente com demais entidades representativas do comércio participaram de mais uma reunião para discutir o assunto, a qual foi convocada pelo Conselho de Segurança (Conseg) que abrange a Região do Centro e Porto, através do presidente Gerson Lintzimayer.
Durante o encontro, que aconteceu na secretaria de Estado de Segurança Pública, com a presença do secretário da pasta, Gustavo Garcia, foi apresentado pelo comandante da 1º CIA da Polícia Militar, major Gilcimar, um “Relatório de vulnerabilidades que contribuem com a insegurança pública e aumento da criminalidade no centro histórico e bairro do Porto em Cuiabá”. O documento foi elaborado em parceria com o Conselho de Segurança Pública com objetivo de se apresentar ações integradas com outros órgãos, como por exemplo, secretarias municipais de Assistência Social e Infraestrutura.
O relatório apresentado foi divido por regiões, sendo que conforme o levantamento realizado, a zona mais critica em termos de criminalidade seria a Praça Conde de Azambuja, mais conhecida como Praça da Mandioca, na sequência vem o Beco do Candeeiro e o Parque Municipal Antônio Pires de Campos, o “Morro da Luz”, seguido de outros.
Para cada uma das regiões foram apresentados os principais problemas e sugestões de ações.

Para o presidente da CDL Cuiabá, a reunião foi extremamente positiva. Ele acredita que esse é o caminho para se tentar diminuir o alto índice de crimes nessas regiões. “Conforme nos foi apresentado, grande parte dos problemas podem ser solucionados com o empenho do poder público municipal, então, buscaremos também esse apoio para que tão logo, os comerciantes que labutam nessas regiões possam ter mais tranquilidade para desenvolver suas atividades”, afirmou Soares. 

Fonte: Assessoria CDL Cuiabá | Edição: Redação